quarta-feira, outubro 10, 2012

Leggings time


Quem não gosta de usar leggings ou nunca experimentou?
São práticas, confortáveis, versáteis e acessíveis a qualquer bolsa. No entanto, na moda, como sempre, para adoptar uma tendência é preciso adaptá-la ao seu estilo pessoal, às diferentes situações do dia-a-dia e, muito importante, à sua silhueta.

Assim, para que não sejam fashion victims e usem as leggings como uma verdadeira estrela, deixo algumas pistas para bem vestir esta peça.

Opte por tons escuros
A cor predominante e sempre em voga é o preto, mas outras cores, desde que escuras, podem ser opção esta estação.Também estão muito em voga as cores metalizadas. Quanto às cores fortes e claras estão completamente out e não favorecem ninguém. Só são aceitáveis quando fazem parte de algum padrão e, mesmo assim, tem de ser discreto,
Diversifique os tecidos e padrões
Varie o guarda-roupa optando por modelos de diferentes tecidos e padrões. Existem vários na moda.Os padrões com aplicações (taxas, lantejoulas), animal print, estampados geométricos. Quanto aos tecidos em voga existem os mais diversos, peles sintéticas ou verdadeiras, licra, vinil e algodão, tecidos envernizados e com brilhos.
Se é magra prefira os estampados
As leggings ficam melhor a pessoas magras mas se é muito magra não deve usar as mais básicas, de algodão preto e opaco, pois vai parecer um palito andante. Prefira as estampadas, com tecidos brilhantes e metalizados, em pele verdadeira ou sintética. Outra opção são as calças modelo skinny ou cigarette que são justas mas não são tão colantes e, visualmente, as pernas ganham mais volume.
Coordene-as com túnicas para disfarçar o volume
Se tiver nádegas ou pernas mais volumosas use leggings de algodão opaco, lisas e de cores escuras, como se fossem collants, conjugadas com peças mais compridas e soltas, tipo túnicas, ligeiramente acima do joelho. Evite os modelos estampados ou brilhantes, como o vinil, porque visualmente fá-la parecer mais cheia.
Reserve os tecidos brilhantes para a noite
Como existe uma grande variedade de leggings, em termos de tecidos e de padrões, esta peça torna-se bastante versátil. Prefira os modelos mais simples e discretos para o dia e os tecidos com brilhos ou metalizados para a noite. Mas como não há regra sem excepção, em casamentos e em situações muito formais são uma peça a evitar.
Evite peças muito justas
Opte por modelos que não lhe prendam os movimentos nem afectem a circulação sanguínea. Para além de favorecer o aparecimento da celulite, a American Chiropatic Association refere que o uso de calças apertadas dificulta movimentos como sentar-se e andar, resultando numa má postura.
A American Academy of Neurology chama ainda atenção para a meralgia parestésica, uma situação que pode ser causada pelo uso regular de calças apertadas que, ao comprimirem o nervo cutâneo lateral da coxa, causam dormência e dor intensa.

Saber conjugar
Peças Opte sempre por partes de cima um pouco mais compridas e largas (vestidos, túnicas ou blusas). É extremamente deselegante ver as leggings a marcar as virilhas. Também pode usar com saias ou calções curtos.
Calçado Prefira calçado de salto médio/ alto. Os sapatos rasos ou sabrinas retiram elegância e o toque sensual que, por norma, está associado a esta peça.
Cintos Se é magra pode usar cintos finos ou grossos a marcar a cintura, para um look elegante, ou descaídos sobre a anca, mais casual. Se tem anca e nádegas volumosas use os cintos mais finos (até 5 cm) e nunca descaídos.
Cores Quanto mais próximas forem as cores de todas as peças (leggings, túnica, cinto e botins), mais longa e fina vai parecer a sua silhueta.




Leggings time (Texto/fonte: Sapo mulher)


Sem comentários:

Enviar um comentário